#blog #blogueiras.,

EU ODEIO VOCÊ!

15:27 Uma Garota Qualquer 1 Comments





Eu odeio você pelo simples fato de você existir,  sim eu odeio você, odeio ter que notar você.  De vez em quando tento imaginar como minha vida seria se eu não te conhece-ce, as coisas seriam tão fáceis, ia ser tão simples.  Eu não ficaria com mãos trêmulas quando se aproximar de mim, não iria perder noites de sono pensando em você,  não ficaria idealizando coisas na minha cabeça sobre nós e com certeza você não me deixaria louca. Odeio esse seu jeito, seus pensamentos e suas ideologias. Odeio quando você chega e bagunça meus pensamentos. Odeio ter que ouvir essa sua voz, esse seu som, esse seu sotaque.
Ás vezes na calmaria da noite, onde só escuto ruídos e sinto a leve brisa invandir o meu quarto e me procurar..  Imagino eu e você, e sem perceber caio nas armadilhas dos meus pensamentos, e quando adormeço, nos meus sonhos você aparece, você corria atrás de mim e eu corria de você, sorrisos aparecem, os olhares se cruzam e recebo um beijo.  Acordei! Suspirei fundo, isso foi tão real.
Odeio esse seu olhar,  é tão chato isso,  me perco no seu olhar e em alguns segundos decifro tantas coisas. Odeio esse seu sorriso, essa sua boca, os seus lábios. 
Odeio seu nome, odeio seu sobrenome, suas roupas e seu cabelo.  Sabe o que mais? Odeio quando você cruza o meu caminho, quando você vira as costas pra mim e quando não dar bola pra mim. 
Sentada num banco velho de madeira, da cor marrom,  segurando um livro de poesias, observo você do outro lado da rua,  sentado numa cadeira de uma lanchonete,  bem acompanho por sinal... Uma pessoa do sexo aposto,  linda,  arrumada e atraente. Vocês estão conversando, uma garçonete chega com o seus pedidos, não dava muito bem pra ver o que era, imagino que seja alguma porção.
Eu odeio te ver com outro alguém , não consigo imaginar alguém te aguentando, te suportando, te amando. Você é tão errado e elas são tão loucas de se envolver com ele. 
Odeio o jeito de como você me olha, do jeito que gosta de me provocar, do controle que você tem na minha vida. Eu tenho o Caio, eu tenho o Lipe e o Gabriel, mas nenhum deles me tem. Por algum motivo absurdo você me prende, por algum motivo você me tem.
Eu te odeio tanto,  você é um ciclo viciante, numa hora é fogo, na outra uma ventania fria e congelante que me causa arrepios. Odeio a maneira de como você me faz ser sua, odeio a maneira de como você me tem. Mas o que eu mais odeio é não conseguir te odiar.


Então gente esse foi o meu primeiro texto de muitos que estão por vir, espero que tenham gostado, comentem aqui no post temas de textos para eu criar e não esquecem de comentarem o que acharam do texto.

BEIJOS DA GIU

You Might Also Like

Um comentário: